Era branca de candura, depois mudei de cor, tornei-me cinzento-escura, desfiz-me em pranto e dor.

Era branca de candura, depois mudei de cor, tornei-me cinzento-escura, desfiz-me em pranto e dor.