Há quem o mate por querer, sem lhe tirar nunca a vida

Há quem o mate por querer, sem lhe tirar nunca a vida,
Pobre é todo o que o perder. E tem mais que uma medida.