Ando sempre acompanhada, que só não posso viver

Ando sempre acompanhada, que só não posso viver;
se me morre a companheira, eu também hei-de morrer.